Postagens

Medo da Morte?

Imagem
Medo da Morte?

Por que o medo da morte se temos certeza que ela vem sem marcar o dia nem a hora.

Conheci pessoas que diziam estarem preparadas para morrer, puro engano, quando chegou a hora da partida (morte) os pedidos chegaram para que a vida terrena fosse aumentada.

Creio que poucas pessoas, só aquelas predestinadas, estão preparadas para morrer. Quando pensamos em deixar nossos entes queridos aí que é a choradeira, pois temos a consciência que não podemos mais estar no meio delas, participando dos acontecimentos, ajudando-as nas horas difíceis, e nos alegrando com suas alegrias.

Temos vários tipos de morte: quando adoecemos em casa, recebendo o carinho dos familiares, assassinados, tirando a própria vida, aí que vem o alerta não podemos criticar as pessoas que se suicidam porque não sabemos o que se passa com elas. Temos que prestar atenção nos idosos e crianças porque os idosos podem estar depressivas e as crianças porque podem ser influenciadas por jogos e por pessoas que se alegram…

A PERDA NOS LEVA AO CRESCIMENTO

Imagem
A PERDA NOS LEVA AO CRESCIMENTO


Como nós seres humanos somos inconstantes. É como se diz, tanto temos como tanto valemos.
Foi impressionante aquela vibração dos torcedores do Brasil, muitas vezes dá vontade de chorar quando o Estádio inteiro canta o hino nacional, quando a torcida vibra com o gol.

Devemos pensar nos nossos ganhos e perdas. Quem de nós não se decepcionou com um amigo? E quem de nós não errou e depois procurou acertar com o erro? Será que só valemos no tempo de glória? Deixamos de ser brasileiros só porque perdemos para os Alemães? 

O lugar não estava reservado para nós, não é porque perdemos que acabamos o nosso trabalho. A vida é feita de acertos e erros.

Levantemos a cabeça e com toda a esperança vamos jogar e torcer para que o Brasil fique com 3º lugar.
Nós brasileiros devemos valorizar o trabalho do técnico, da equipe, dos jogadores e dos brasileiros que formam uma torcida simpática e abençoada.
Não abandonemos o barco, todos precisam de nosso apoio para que futur…

A Vida não nos Pertence

Imagem
A Vida não nos Pertence
Quem sabe os desígnios de Deus? O que sabemos da nossa vida? Nada. Seis brasileiros resolveram sair do Brasil por alguns dias para festejarem juntos o aniversário de 15 anos da primogênita do casal. No entanto, quis o destino que todos morressem dentro de um apartamento com portas e janelas fechadas, vítimas da aspiração de gás, o mesmo gás que serve para tanta coisa, e que também mata. Ao fecharmos os olhos um quadro estarrecedor se descortina ao nos depararmos com tanta tristeza. Somos pobres criaturas frágeis e muitas vezes quando precisamos de ajuda, ela não vem ou chega muito tarde. Somos seres humanos confiantes e não tomamos as providências necessárias para que acidentes não aconteçam. Vimos que no caso dos brasileiros eles foram unidos até na morte e a mãe foi a última que morreu porque como guardiã da família, ela tinha que se esforçar para que seus filhos não presenciassem a sua morte. Quando nos deparamos com acontecimentos como esse é hora de refletirmos …

O MEDO QUE CORRÓI A TODOS

Imagem
O medo que corrói a todos


- Vovó, vovó estou com medo de ir para a escola. Será que vão matar os alunos em todas as escolas?Assim se expressava o netinho.
- Não meu netinho, as escolas são a segunda casa dos alunos e estão para ajudar. - Vá tranquilo, reze e nada acontecerá, pois Deus está conosco.
As ponderações do netinho fizeram com que a avó se transportasse para aquele dia em que professores, funcionários e alunos foram vitimas do ódio de dois jovens cheios de vida e que poderiam dar a sua contribuição para o melhoramento da escola Raul Brasil.
A pergunta que ficou no ar é: por que dois jovens passaram mais de um ano planejando um ataque a uma escola? Enquanto eles planejavam, ninguém da escola foi avisado, fizeram tudo na surdina. Se eles se aconselhassem com pessoas adultas de boa índole, se dialogassem com familiares, nada disso teria acontecido e a escola deles e os familiares estariam com aquelas crianças. queridas que perderam a vida.
Ouvimos o desabafo de alguns pais que apesar …

Mágoas

Imagem
Mágoas



Você já foi atingido pela mágoa?
Inúmeras pessoas já sentiram o gosto amargo desse sentimento que é capaz de fazer estragos de destruir lares e famílias, de tornar infelizes pessoas, de transformar vidas. A mágoa é responsável pelos maiores crimes, pelas maiores injustiças.
A pessoa que se vale da mágoa para cometer erros não vê, não ouve e se vê ou ouve é tudo distorcido e a injustiça toma conta de todos os passos daquele que se sente magoado. A mágoa serve de desculpa para tudo ruim que o magoado faz. Ela aliada ao egoísmo é capaz de ofuscar o brilho do seu semelhante, de esconder os seus talentos para que ele não vença nos seus empreendimentos, é maldade pura...
A mágoa não é mais do que o orgulho ferido...
Por que não esquecer? Por que não  fazer esforço para viver e deixar os outros viverem?
Enfim, porque não ser gente...
Adalgisa Nolêto Perna

O TALENTO DE UM FAISQUEIRO

Imagem
O TALENTO DE UM FAISQUEIRO
Antônio e Euzébia casaram no dia 8 de dezembro de 1929 e Raimundo Teixeira Nolêto nasceu no dia 20 de dezembro de 1930, para alegria dos pais. Foi a 1ª criança nascida aqui na cidade de Miracema do Tocantins, Quando era Bela Vista. Raimundo cresceu em graça e sabedoria, caminhou com 9 (nove) meses, falou com 10 (dez) e,  aos 5(cinco) anos o pai tinha o prazer de chamar as pessoas para ver o seu primogênito ler fluentemente. Cada dia que passava, Mundico como era chamado pelos familiares se desenvolvia e mostrava sua inteligência diferente das crianças de sua idade. Os pais agradeciam a Deus pela graça e pediam que o filho sempre tivesse a vontade de crescer tanto profissionalmente como no amor ao próximo, pois essas qualidades já nasceram com ele. Mundico fez o curso primário ao ginasial em Porto Nacional, no Colégio Sagrado Coração de Jesus das irmãs Dominicanas. Em Porto Nacional o menino era conhecido pela sua inteligência e sinceridade no que fazia. Surgiram n…

A Emoção de uma Viagem

Imagem
A Emoção de uma Viagem

Na nossa cidade temos um grupo que se reúne uma vez por mês para discutir coisas importantes e que de uma maneira ou de outra beneficiem as pessoas da nossa comunidade.
No mês passado nos reunimos e traçamos um plano para realizarmos um concurso, funcionava assim:  as pessoas que quisessem participar tinham que descrever uma viagem feita por elas, dez trabalhos foram escolhidos.
Depois de encontrar o local, convidar as pessoas para fazerem parte do júri e saber qual seria o prêmio oferecido pelos promotores, era hora da realização do evento. Os trabalhos foram sorteados.
O trabalho que ganhou estava maravilhoso e ganhou o prêmio e a aprovação de todos.
Resolvi descrever a minha viagem porque ela foi emocionante.
Treze pessoas faziam parte da viagem, 10 viajaram em carros e eu, minha filha Madel e meu neto João Gilberto fomos de avião.
As passagens foram compradas em setembro para viajarmos em janeiro. Enquanto esperávamos chegar o mês da viagem, a companhia de aviação …